Um dos grandes nomes da literatura russa do século XIX, Liev Tolstói publicou os romances Guerra e paz e Anna Karenina, obras que o consagraram no meio literário. Na idade madura o escritor tornou-se um pacifista e seus textos questionavam a Igreja e as formas de governo, pregando uma vida simples e em comunhão com a natureza. Tolstói defende neste livro a ideia de que o cristianismo não é uma doutrina abstrata, mas uma proposta prática para a vida. Logo depois de lançado, em 1894, O reino de Deus está em vós gerou tanta polêmica que foi vetado pelo czar, e seu autor excomungado pela Igreja Ortodoxa Russa. O livro desapareceu por cem anos. Sua neta Tania Tolstói empenhou-se em republicá-lo em 1988 na Europa, e incluiu a seguinte mensagem na edição: "Espero que muitos o leiam e que esta leitura os ajude a viver nessa nossa época tão atormentada."

Reportagem - Clique para ampliar