Uma obra dinâmica e ousada, que tem como protagonista o movimento humano em meio ao sacolejar aviões, trens, ônibus e barcos. Ao entrelaçar textos sobre o ato de viajar, este livro transcende os limites entre relato e ficção. Um romance-mapa onde as rotas se confundem e não há fusos horários definidos.


 
Reportagem - Clique para ampliar